lift,
bringen sie mir einen kaffee
ende der welt

domingo, 25 de outubro de 2009

Paulo Mendes Campos


relógio de sol



De todas as minhas façanhas
a que me dói mais lentamente
é sentir nas minhas entranhas
o meu coração arbitrário
girando em sentido contrário
à parábola do poente.

Um comentário:

  1. Adorei o blog*

    Estou linkada com meu segundo blog, mas vim agradecer a sua visita e dizer q já estou te seguindo e linkando viu?
    Bjos no♥

    ResponderExcluir